15h39

Resumo das semi-finais do campeonato dos médicos

Compartilhe
Tamanho da Fonte

1º jogo: PREVENTIVA/Eduardo Reis 1 X 3 IMPLANTE/Mendes

Jogo que o líder do PREVENTIVA, Eduardo Reis, tentou transferir para outra data, devido aos desfalques de três jogadores importantes para seu time (Toinho, Osíris e Jonga). O líder do IMPLANTE, Mendes, tentou encontrar uma data que possibilitasse o jogo, porém não foi possível e permaneceu a data previamente determinada pelo regulamento. Além destes desfalques, Alex, voltando de contusão, jogou no sacrifício. O líder do IMPLANTE, Mendes, auxiliado por Robson Rêgo e Luiz Henrique montou um excelente esquema de jogo com uma defesa bem plantada e muito segura, um meio de campo marcador e no ataque Mendes fez a diferença. Em uma bela jogada pela direita, levou dois marcadores e tocou para traz, Luiz Henrique chutou rasteiro para abrir o placar, que permaneceu até o final do 1° tempo. No 2° , com o placar ao seu favor, o IMPLANTE continuo muito bem na marcação e Mendes “matou” o jogo marcando dois gols. Era perceptível a dificuldade que tinha o PREVENTIVA em reagir e empatar o jogo. Em um cruzamento na área, o bom jogador Alessandro Nascimento marcou o gol de honra para o PREVENTIVA, dando números finais a partida. Desta forma o IMPLANTE eliminou o 2° time de melhor campanha do campeonato.

 

2º jogo: SEM DOR/Evânio 0 X 1 EPISTAXE/Gustavo

O time favorito ao título e com o artilheiro do campeonato (SEM DOR) entrou em campo preocupado com a ausência do craque Eldo impossibilitado de jogar devido à fasceite plantar e a contusão de seu artilheiro Evânio (que jogou no sacrifício devido a uma fratura da base do esporão de calcâneo). Por outro lado o EPISTAXE com seu time completo e muito bem armado por Gustavo e Gilvan entrou em campo confiante e com muita garra e determinação. Teve domínio do jogo até metade do 1º tempo criando três oportunidades de gols, o SEM DOR equilibrou o jogo: Teve duas faltas que levaram perigo e uma cabeçada sobre o travessão, mas o jogo terminou a primeira etapa em 0 x 0. No 2º tempo a partida esteve mais equilibrada, com o EPISTAXE mais vibrante. Em uma jogada pela direita entre Hilton e Evânio, este tocou para pequena área e em um lance que vai entrar para a série INACREDITÁVEL futebol clube, Paulo Queiroz que fez uma excelente partida, tocou por cima do travessão. Em seguida em uma falha da defesa, Ary Toledo entrou em velocidade da intermediária e próximo a pequena área chutou em diagonal, Dudu fez a defesa e no rebote tocou para o fundo das redes. A partir deste momento o SEM DOR foi todo para o ataque e pressionou o time do EPISTAXE, que se defendeu muito bem. Em um dos lances no chute de Edson Marques a bola defendida com o antebraço em cima da linha, não assinalado pelo juiz. Apesar da pressão sofrida, o EPISTAXE teve três oportunidades em contra ataques de ampliar o placar, não sendo aproveitadas. Desta forma foi eliminado o time favorito e de melhor campanha. Fez lembrar a seleção Brasileira de 1982 na Espanha que encantou o mundo, mas foi eliminada pela Itália nas quartas de final da copa.

A FINAL SERÁ DISPUTADA DIA 01-12-12 ÀS 15:30 entre IMPLANTE/Mendes x EPISTAXE/Gustavo.
 

Rua Baependi, Nº 162
Ondina, Salvador - Bahia
CEP: 40170-070
Tel.: 71 2107-9666
2019. Associação Bahiana de Medicina. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital